Sinais de que você tem transtorno bipolar

transtorno bipolar é caracterizado por estágios que duram períodos mais longos do que apenas algumas horas. O estado de espírito e o comportamento são profundamente transformados nesse momento e se dividem em quatro tipos principais:

Fase de mania

A fase de mania em pessoas bipolares é caracterizada por um aumento importante dos níveis de energia física e mental

Nessa fase, as pessoas podem, sim sentir uma euforia e um otimismo exacerbados. Mas, nem sempre isso está presente!.

O que vemos é, sim, sinais de que o corpo e a mente estão muito “ativados”. É importante ficar atento à 3 principais sinais:

  • Diminuição das horas de sono: a pessoa consegue dormir menos que o seu normal, as vezes menos de 4 a 5hs de sono por noite. No dia seguinte, faz suas atividades ( as vezes até com certo cansaço) sem adormecer ou descansar por muito tempo.
  • Irritabilidade: uma “impaciência” marcante, incomodando-se com pequenas coisas e com várias pessoas, tanto em casa como no trabalho. Às vezes, até com alguns momentos de “explosões”.
  • Impulsividade: dificuldade para “esperar”. A pessoa pode se envolver em atividades prazerosas, que normalmente gosta, mas faz isso de maneira muito intensa e, as vezes, impensada. Excesso de compras e de álcool são exemplos muito comuns.

Resumindo, nessa fase a pessoa pode sentir que está mais criativa e desinibida, mas se torna mais imprudente e impulsiva.

Fase de depressão

A fase de depressão é caracterizada por uma tristeza e desinteresse profundos. Acompanham outras sensações como a culpa, o desânimo, a sensação de falta de propósito e o cansaço.

Há, também, descontentamento, ansiedade, perda de interesse e de prazer nas atividades e um quadro que se assemelha muito ao quadro depressivo, unicamente falando.

Fase de hipomania

Nessa fase, os sintomas de mania aparecem em menor intensidade. Isso leva, por exemplo, a um aumento intermediário dos níveis de energia, de atenção e produtividade.

Esse estágio é perigoso porque se assemelha muito a um ótimo estado de espírito, mas que pode se tornar mais grave e chegar a um profundo quadro de mania ou depressão.

Fase mista

Na fase mista, o paciente tem ciclos alternantes entre o estágio de mania e de depressão. Ele pode sofrer com rompantes de raiva, desinteresse associado ao acúmulo de energia, perturbação no sono e energia acompanhada de uma tristeza muito grande.

É nesse quadro que surgem os pensamentos suicidas e é, normalmente, a situação que traz mais sofrimento ao paciente.

A necessidade de lidar com a questão

Uma vez diagnosticado, o transtorno bipolar precisa ser tratado de maneira adequada com o auxílio de um médico.

Há a possibilidade de realizar tratamentos baseados em terapias e/ou em medicamentos. E também a chance de realizar tratamentos mais avançados, como a Estimulação Magnética Transcraniana.

É importante que tudo seja feito com o acompanhamento de uma equipe, de modo que tanto a saúde física quanto a psicológica sejam protegidas em todo o processo.

Todos esses sinais, especialmente se aparecem juntos, indicam que há chances de que você possui transtorno bipolar. É importante confirmar o diagnóstico com uma equipe especializada e, caso se trate dessa questão, há tratamentos e acompanhamentos para melhorar a qualidade de vida.

Quer saber mais sobre o assunto? Então faça um teste para saber se você tem esse transtorno e compreenda mais sobre o que é levado em conta. Embora não sirva como diagnóstico, vai te dar uma orientação sobre a sua saúde mental.